01_Maquete-Habitacao-em-Chelas.jpg
02_Maquete-Habitacao-em-Chelas.jpg
03_Maquete-Habitacao-em-Chelas.jpg
04_Maquete-Habitacao-em-Chelas.jpg
05_Desenho-Habitacao-em-Chelas.jpg
06_Desenho-Habitacao-em-Chelas.jpg

Habitação em Chelas

“Em 1974 1 milhão de retornados (10% da população portuguesa) são obrigados a regressar ao país pelo que o arquitecto Nuno Portas, o então secretário de estado das obras públicas, visto confrontado com a já comprometida condição habitacional dos grandes núcleos urbanos promove um conjunto de leis a partir das quais começaram as experiencias saal."
“No inicio dos anos 70 a Câmara Municipal de Lisboa atribuiu a planificação do vale de Chelas a um grupo de sete conhecidos arquitectos que já haviam realizado o plano dos Olivais.“

“A zona confronta-se neste momento com a excessiva presença de um sistema viário desmedido concentrado sobre o cruzamento da radial e da circular.”
“A vida do cidadão pode ser fortemente prejudicada devido a uma falta de coerência no estudo da localização e/ou quantidade de vias automóveis. Impõe-se então com urgência um projecto de conciliação que valorize as excepcionais condições naturais da zona com crescente vocação de centralidade.”

Na proposta de projecto execução tentou-se essencialmente corrigir alguns aspectos apontados no projecto base e  pensar algumas questões relacionadas com a funcionalidade do espaço. As observações apontadas pelos docentes baseavam-se na correcção de certos elementos, isto é, o redesenho de pormenores não tão bem conseguidos. Estes foram: o posicionamento dos blocos de habitação - necessitavam de um jogo mais forte entre cotas e uma irregularidade (controlada) na sua planta, pelo facto de estarem todos paralelos ao caminho pedonal; o assumir das 2 torres (hotel e escritórios) como  portas de entrada da proposta a assumir uma maior importância; apurar o contacto entre a grande frente comercial com a rua Dr. Augusto de Castro; repensar se faz sentido a rua a norte da proposta e tirar conclusões em relação ao seu custo e à sua exequibilidade.

Por fim tem-se como resultado final uma tentativa de trazer um espaço qualificado para a cidade, que confira qualidades aos seus habitantes e que de certa forma torne a vida do cidadão um pouco melhor.